Direcionar

Procurando algo?

1 de abr de 2008

Revista MAD voltando as bancas

MAD volta às bancas esta semana com numeração nova
Revista de humor publicada no Brasil desde 1974 estava há um ano e meio fora das bancas



As bancas brasileiras ficaram quase um ano e meio livres de novas caras de Alfred E. Neuman. Mas este período de paz, júbilo e euforia nacional chegou ao fim. A revista MAD volta às bancas esta semana, com uma nova edição 1.

Foi o período mais longo que o Brasil conseguiu ficar livre de MAD. Desde 1974, fora um mês aqui e outro ali, eles não nos deixaram em paz. A praga estava controlada.

Mas os mesmos idiotas de sempre produzindo a mesma idiotice de sempre estão de volta, com novos trouxas pagando a conta. A Panini é a quarta editora coagida; Vecchi, Record e Mythos já foram vítimas e levaram entre 5 e 15 anos para extirpar este mal depois de findas as publicações.

Grandes talentos nacionais e internacionais, como Sergio Aragonés (as gags no canto das páginas e as piadas de zumbis), Peter Kuper (Spy vs. Spy), Ota (Meu Nome Não É Enjôony, grande adaptação do campeão nacional de bilheterias) e outros ainda não conseguiram livrar-se da maldita, e batem ponto na nova edição.

A série será mensal, com edições de 44 páginas a R$ 5,90. O Omelete recomenda manter-se longe das bancas e, tipo, comprar seus outros gibis pela Internet para evitar contato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário