Direcionar

Procurando algo?

18 de abr de 2008

Vendas de PCs crescem 12% no primeiro trimestre de 2008

As vendas mundiais de computadores cresceram 12,3% no primeiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo o Instituto Gartner, as vendas de PCs chegaram a 71,1 milhões de unidades no período.

Na América Latina, as vendas de computadores chegaram a 6,3 milhões de unidades, um aumento de 19,1% ante o mesmo período do ano passado. "O mercado de consumo teve um desempenho forte, apesar de fatores sazonais como as férias em vários países da América do Sul e o feriado de Carnaval no Brasil", afirma o Gartner. Para o instituto, o varejo da região está se beneficiando do aumento do crédito disponível.

De acordo com a consultoria, o segmento norte-americano de computadores já sente, ainda que "modestamente", os efeitos da crise na economia do país. No primeiro trimestre, foram vendidas 15,2 milhões de unidades, um aumento de 3% ante o ano passado --índice menor que em países da Europa, da Ásia e da América Latina.

"Os resultados nos Estados Unidos estão em linha com o que esperávamos, indicando que o mercado de PCs foi modestamente afetado pela recessão norte-americana, apesar de não haver mudanças significativas nas condições do mercado", afirma Mika Kitagawa, analista da Gartner, em nota.

Entre as empresas fabricantes, a HP manteve a liderança mundial no segmento durante o primeiro trimestre, com 18,3% do mercado. A empresa é seguida por Dell (14,9%), Acer (9,5%), Lenovo (6,7%) e Toshiba (4,3%).

Mercado local

Segundo dados da consultoria IDC divulgados no início do ano, o mercado brasileiro de computadores comercializou, em todo o ano de 2007, cerca de 10 milhões de unidades.

O número representa um crescimento de 21,4% em relação a 2006 e colocou o país como o 5º maior mercado de PCs no mundo, atrás de EUA (64 milhões), China (36 milhões), Japão (13 milhões) e Reino Unido (11,2 milhões). Em 2005 e 2006, o Brasil ocupava a sétima colocação.

Fonte:Folha on Line

Nenhum comentário:

Postar um comentário