Direcionar

Procurando algo?

5 de mar de 2009

Mexicano costura a boca em protesto por não ter recebido promoção

O trabalhador Alberto Celis Gómez decidiu costurar os lábios em um protesto na frente da sede da empresa Sistema de Água e Saneamento (SAS) da cidade de Veracruz, no México, depois que suas reivindicações não foram atendidas pelo sindicato.


Segundo o jornal mexicano "El Dictamen", Gómez pleiteava uma promoção para o cargo de auxiliar administrativo, mas a líder do sindicato "Teniente José Azueta", Angélica Navarrete Mendoza, não autorizou a promoção.

Angelica Navarette disse que Gómez não passa de um agitador, cujas demandas são infundadas. Ela disse que a empresa já lhe ofereceu mais benefícios. Segundo Angelica, tudo não passa de uma manobra política, com o objetivo de derrubá-la.

Gómez reconheceu que a diretora do SAS, Yolanda Gutiérrez Carlín, ofereceu um posto de maior importância; mas destacou que recusou a oferta, porque era um cargo de confiança e, se aceitasse, perderia a antiguidade de 19 anos dentro do sindicato.(Vi no G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário